17 de março de 2016 0


Crescer em um lar em que a política sempre esteve em debate foi primordial para que eu, desde cedo, tivesse a compreensão dos direitos e deveres inerentes à cidadania. Mais do que a governos e partidos, minha noção de política sempre esteve ligada à participação pública e coletiva. Não me canso de dizer que, quanto mais um país trabalhar a conscientização de suas crianças e jovens, mais ele terá cidadãos verdadeiramente comprometidos com o presente e o futuro de sua nação. Se quisermos um Brasil melhor, é preciso que a Educação seja a prioridade, não só dos professores e dos trabalhadores da área, mas especialmente dentro de casa.
A atual conjuntura brasileira, em que vivemos uma crise política, econômica e ética, exige, mais do que nunca, a participação política da juventude. O cenário de retrocesso é assustador e atinge as famílias brasileiras, especialmente as mais pobres, O debate está aberto e precisa de pessoas com vontade e vivência política para ser enriquecido. Nesse sentido, a Juventude Popular Socialista (JPS) está convocada a desempenhar o papel de fomentadora e formadora de opinião junto ao seu público. E o protagonismo na luta por um Brasil melhor requer, sobretudo, o desejo de mudar para melhor o que aí está posto.
Por ser ano eleitoral, 2016 assume um grau ainda maior de relevância, porque, em outubro, definiremos os prefeitos, vice-prefeitos e vereadores que administrarão nossos municípios até 2020. O PPS, com diversos candidatos jovens concorrendo, é vanguardista quando se refere à participação dos jovens na política. Como presidente do partido em Goiás e deputado federal, valorizo a iniciativa da juventude no debate e nas eleições, porque é disto que o País precisa: atitudes corajosas, novas estruturas de pensamento, ideais éticos e patriotismo responsável. Os meninos e meninas da JPS Goiás terão meu total apoio.
Devemos acreditar que as ações em prol da participação jovem na política serão fundamentais para definir os partidos que serão relevantes em um futuro próximo. O PPS possui espírito de avanço, de positividade, e de esperança e empregou total apoio na reestruturação dessa nova direção da JPS. Assim, foram lançadas as bases de estruturação das novas executivas municipais da juventude em todas as cidades goianas. A participação da mulher, das minorias jovens e do movimento estudantil no nosso partido também tem que ser uma das nossas prioridades, pois, com eles, o PPS será mais representativo e inclusivo.
Vencer as crises não será fácil e nem rápido. É um processo que demandará tempo e coragem na luta. O PPS não medirá esforços para que a JPS tenha força e sustentação para isso, porque o Brasil precisa de uma geração de jovens com formação política e que participa da construção coletiva de uma sociedade melhor, justa e igualitária. Juventude Popular Socialista, o Brasil conta com você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *